Aras mostra simpatia com manifestação popular, Fux não. O STF sufoca cada vez mais

Ao que tudo indica, o presidente do STF, Luiz Fux não gostou muito do movimento pacífico do povo e do discurso de Jair Messias Bolsonaro na Paulista. A vontade popular é uma só e deveria ser respeitada. A medida que as horas passam, percebe-se que o povo está com os ânimos esgotados e mudam o tom pedindo o impeachment do ministro Alexandre de Moraes que novamente tem visto de perto a ira popular, assim como João Doria que com medo ficou escoltado pela PM para não ser linchado pelo povo que aos gritos pediram Fora Doria e Tarcísio governador.

Vindo de uma pessoa que tem a confiança do presidente, podemos esperar que haverá harmonia entre os poderes e garantia de respeito pela ordem. O manifesto de Fux foi ouvido e rebatido categoricamente pelo procurador-geral Augusto Aras.

“A voz da rua é a voz da liberdade e do povo. Mas não só. A voz das instituições, que funcionam a partir das escolhas legítimas do povo e de seus representantes, também é a voz da liberdade”, disse Aras.

“Nós amamos a democracia, pois nela floresce a liberdade, com a qual tantos sonharam, e pela qual tantos se sacrificaram”. O procurador também defendeu as instituições e o que ele chamou de “ferramentas de institucionalidade”, como o devido processo legal em todos os poderes.

Aras: ‘A voz da rua é a voz da liberdade e do povo’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s